quarta-feira, 13 de junho de 2012

Santidade: Um Estilo De Vida




Primeiramente vamos quebrar esse paradigma de que santidade é sinônimo de perfeição. O significado fundamental de santidade é “separateness”, ou seja; trata-se de algo separado do comum, da rotina, da mesmice.


Pois vocês são um povo santo para o Senhor, o seu Deus. O SENHOR, o seu Deus, os escolheu dentre todos os povos da face da terra para ser o seu povo, o seu tesouro pessoal – Deuteronômio 7.6


Infelizmente muitos têm adotado e associado o termo santidade com perfeição, e isso tem gerado uma confusão enorme no meio cristão. Quando pensamos em perfeição logo nos vem à mente que somente Jesus foi Santo, e nenhum outro homem será capaz desse nível de santidade (e aqui sim associamos com a perfeição).


Eu vou além a afirmar que o termo santidade hoje está ligado a expressão religiosa por excelência, onde muitos fazem uma estreita ligação que se pode encontrar em qualquer lugar entre a religião e o sagrado. Alguns fazem a dicotomia entre o sagrado e o profano, e para ser santo não se pode dar lugar ao “profano”. Porém, santidade em uma grade variedade de expressão (e no meu ver), é o núcleo íntimo de fé e prática religiosa.


Santidade se refere a sua natureza essencial, não é tanto um atributo de Deus, pois é o próprio fundamento do seu ser”.


É por isso que nós declaramos ao Senhor: “Santo, Santo, Santo” (Isaías 6.3)


Esforcem-se para viver em paz com todos e para serem santos; sem santidade ninguém verá o Senhor - Hebreus 12-14


O que o autor de hebreus quer nos ensinar aqui, é que santificação é pureza de vida. Ela vem de Deus (Hb 13.21) e é orientada através da correção do Pai (Hb12.10). Ninguém verá o Senhor, isto é; estar com Deus que é o alvo da salvação. Agora aqueles que pela graça e por intermédio da fé seguem e recebem a santificação de Cristo, certamente verão a Deus e se tornarão semelhantes a Ele.


Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação – I Tessalonicenses 4.3


Essa é uma grande questão que poucos têm se policiado, muitos tem vivido como cães que não ligam para o que é sagrado. Ser santo não significa ser perfeito, mas ser íntegro de coração e reconhecer que é falho e pecador, que necessita da graça de Deus todos os dias. 


A santificação é um processo que nos faz amar mais as coisas de Deus, do que as do mundo. É através da santificação que Deus passa a agir em nós de maneira que nos assemelhamos mais a Ele. Precisamos observa a Palavra de Deus, porque esta é a principal forma de nos santificarmos realmente no Senhor (Salmos 119.9)


Santidade é uma escolha, um estilo de vida. Mas para isso é preciso abrir mão de muitas coisas, e principalmente renunciar a sua própria vida para ser “santo”. Mas lembre-se, é mais importante obedecer a Deus do que a homens. Se o seu prazer está em Deus e em seu Reino, viver uma vida de santidade pode se tornar “fácil”.


Deus o abençoe nessa caminhada por santidade.


@Faysonmerege

3 comentários:

  1. Deus vos abençoe grandemente por compartilhar esse assunto, pois em muito me edificou com as referência biblicas

    ResponderExcluir